Como gerenciar uma empresa

Abrir uma empresa não é difícil, o caldo começa a engrossar depois que ela está em funcionamento. Mas se você montar um bom time, seja interno ou de fornecedores, tiver processos estabelecidos e contas organizadas, a gestão fica muito mais fácil.

Vou explicar abaixo o porquê de cada um desses itens na sua ordem de importância.

As contas da empresa

Esse é o primeiro termômetro que tem que ser medido. Contas organizadas te ajudam a enxergar com clareza a saúde da sua empresa. Se sem dinheiro até os casamentos acabam, o que dirá numa empresa, onde isso é o sangue que corre nas veias!

Você precisa sempre ter o valor do seu Capital de Giro, que é o colchão de dinheiro que sua empresa deve ter, circulando na conta corrente. É ele que vai te fazer parcelar mais para seus clientes, que vai permitir que você tenha tranquilidade financeira e trabalhar num custo mais baixo. Se ficar antecipando cartão ou pagando empréstimo, a taxa de juros pode comer grande parte do seu lucro. Tudo tem que ser calculado e não permite amadorismo. Entenda e conheça minimamente como calcular o capital de giro da sua empresa e saiba avaliar o fluxo de caixa, que nada mais é do que o que entra e sai da sua empresa de forma cronológica.

Tenha processos internos claros para ter as pessoas certas

Você sabe o que é jornada do cliente? É todo o trajeto que o seu cliente deve percorrer, de ponta a ponta, de quando ele pensa em consumir o seu produto ou serviço até o pós venda. Você precisa construir essa jornada e entender, dentro dela, todos os pontos de contato da sua empresa com o cliente. Nesses pontos de contato, você vai saber exatamente quais tarefas devem ser executadas naquele momento para atender o cliente, e é nesse ponto que você constrói os processos da sua empresa.

Depois que construir os processos nos pontos de contato, você vai ver todas as atividades de suporte que sua empresa precisa e adicioná-las ao processo como um todo, como contabilidade, pagamento de taxas e impostos, compras etc.

Depois que construiu os processos e sabe quais atividades são realizadas em cada etapa, você já sabe o profissional que tem que ter em cada fase dela e os dados que deve receber para saber se as atividades estão sendo feitas, conhecer qual sistema atenderá aos seus processos para organizar sua empresa e dar velocidade, quais treinamentos tem que dar para sua equipe, e tudo isso é o que nos dará subsídio para o próximo tópico que irá permitir que você, de fato, gerencie sua empresa e não seja mais um funcionário dela.

Gerencie sua empresa pelos indicadores de performance

Depois que sua empresa está respirando, andando, com processos e pessoas corretas, você vai precisar dos indicadores certos para gerenciar de fato sua empresa. Precisa conhecer quais são os números e indicadores que te permitirão enxergar que tudo o que você construiu está funcionando. E isso é o que eu chamo de Gestão.

Por definição, gestão vem do termo em latim gestione, e configura o ato de administrar ou de gerir recursos, pessoas ou qualquer objeto que possa ser administrado com alguma finalidade: seja em benefício próprio ou de uma entidade. Se você estiver executando alguma função operacional da empresa, não conseguirá fazer a gestão da mesma, pois o próprio ato de gerir já é uma função.

Imagine uma orquestra tocando sem um maestro para coordenar tudo, ou se o maestro fosse também um músico? Provavelmente nunca daria certo. Na sua empresa funciona assim.

Para fazer gestão, reúna os números principais da sua empresa e garanta a alimentação dessas informações para que você possa formar os indicadores posteriormente. Os números mais importantes, ou ao menos os que eu gosto de trabalhar são: valor de venda por cliente, número de clientes, número de pessoas que fizeram orçamento e não compraram, número de pessoas que entraram em contato com a empresa e não fizeram nem orçamento, valor investido em mídia, custo de venda do produto/serviço.

Separando esses números, você já estará a um passo da gestão propriamente dita. Aí faltará fazer os indicadores, mas isso é assunto para um outro texto que em breve colocarei por aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.